Friday, July 28, 2006

Apple vs. Microsoft

Vai ser muito difícil a Microsoft derrubar a Apple com seu iPod killer, o Zune. Isso porque a Apple é a líder no segmento e ocupa uma posição invejável: consegue bolar produtos inovadores numa velocidade incrível.

Mas a análise vai além. O Zune se compara ao rei do pedaço até em seu apelido: ele é o "matador do iPod". Quando um cliente for comprar o Zune, ele com certeza vai pensar: "isso aqui é melhor ou não do que o iPod?"

Which iPod are you?

Você acha que os executivos da Microsoft vão ficar felizes com isso? Afinal, é para os clientes pensarem no Zune como um equipamento legal ou em contraste com o iPod?

A Apple ainda tem outras vantagens sobre a empresa de Redmond:

  1. Design: o design é em última análise um ativo para a Apple, fonte de imensa vantagem competitiva. Ninguém faz melhor, ponto final;
  2. Nome de categoria: Gilette é sinônimo de lâmina de barbear. Bombril é a mesma coisa para escova de aço. iPod é sinônimo de tocador de música digital, o walkman do século XXI. Em termos de posicionamento de marca, a Apple já se estabeleceu. A Microsoft terá que criar awareness de seu produto;
  3. O modelo de negócios da Apple é o inverso do que as outras empresas fazem. Tome, por exemplo, a combinação impressora-toner. As empresas vendem impressoras com margens de lucro baixíssimas para ganhar dinheiro com os toners. A combinação iPod-iTunes Music Store é diferente! A Apple não vende iPods para vender músicas; é o contrário! A loja serve de "isca": quanto mais músicas são vendidas pela sua loja, maior é a probabilidade de que os clientes comprem mais iPods, pois caso o cliente queira abandonar o produto, terá que recomprar suas músicas em outra loja digital (as músicas da ITMS só funcionam no iPod). Como isso não é segredo e como as vendas da ITMS não param de aumentar, a única conclusão possível é que os clientes acreditam que os benefícios da loja online superam os custos de mudar de tocador de música. Isso faz com que o mercado restante para os concorrentes do iPod diminua ainda mais a cada compra de música feita na loja da Apple!
Mas como em qualquer segmento, a concorrência é saudável. Resta agora saber qual o tamanho da fatia do bolo que a Microsoft conseguirá para si no mercado digital.

Visite também A Linha de Sombra!

Blogged with Flock

3 comments:

Marcello said...

A Apple é uma empresa de vanguarda e sua marca está associada a ótimos produtos tecnológicos e com um preço relativamente acima dos seus concorrentes. Por algum tempo o seu mp3 player - iPod, vem ditando as regras do que um bom tocador mp3 deve ter e toda uma indústria de acessórios vem completando e extendendo sua utilização porque há muito espaço para isto.
A Microsoft, por outro lado, tem uma estratégia de incorporar as melhores práticas vistas no mercado em seus produtos e com certeza seu tocador de mp3 terá as qualidades técnicas do iPod. Mas terá forte orientação para conectividade com outros dispositivos (leia-se wifi, bluetooth).
Aparte temos outros concorrentes de "menos prestígio" mas também muito bons pela rapidez com que conseguem criar produtos bons e acessíveis no preço, como a Creative e a Samsung.

Além disso, os tocadores de mp3 estão se transformando em tocadores de diversas mídias, como mp4, avi, etc. A briga será boa, e nós consumidores, ganharemos muito com isso.

[]s

Leonardo said...

sinceramente? eu aposto em celular/mp3... unido o útil ao agradável...

Marcello said...

Saiu uma matéria sobre Microsoft x Apple na Istoé Dinheiro...

http://www.terra.com.br/istoedinheiro/463/ecommerce/microsoft_vai_na_onda.htm