Monday, July 17, 2006

Caos, Incertezas e Certezas


Falar sobre o futuro, tentando imaginar qual seria o cenário de um mundo daqui 5, 10 ou 50 anos, parece mais um daqueles papos cabeça ou coisa esotérica. E sempre tem aquele engraçadinho que diz: "Cenário??? De qual filme mesmo?"

Caos e Incertezas

Parece que hoje em dia a turbulência e tensão do mundo em geral ocupam um espaço maior em nossas vidas e dificilmente encontramos alguém que não tenha sido afetado por estas preocupações. Por outro lado, queremos ou achamos que as coisas deveriam ser mais estáveis e seguras e que depois de superarmos uma crise, por exemplo, a vida deveria voltar ao normal. E gostaríamos que nossos empregos, segurança, aposentaria estivessem a parte deste caos.

Certezas

Existe alguma maneira de conviver com essa tensão ao invés de preparar-se para despencar da montanha-russa e ser obrigado a reagir a cada nova surpresa que a vida nos apresenta? Existe.

Existem Certezas - fatores que podemos ou não contar, mas não deixarão de existir. E devemos ter em mente três delas, em qualquer contexto turbulento:

Primeira: Sempre teremos surpresas.

Segunda.: Conseguiremos lidar com elas.

Terceira: Muitas podem ser previstas, isto é, podemos fazer suposições boas acerca de como a maioria se dará.

Cenário

Criar um cenário, baseia-se na verdade em criar um modelo de realidade onde podemos exercitar como determinadas tendências se manifestarão ou não num futuro delimitado. Essas tendências, são como ondas que se propagam nas esferas: cultural, econômico, tecnológico, social e político. Precisamos estar antenados para captar as mudanças que estão ocorrendo ao nosso redor e se elas configuram tendências que se propagarão por todas as esferas ou ficarão isoladas, perdendo força.

Muitas serão as surpresas que enfrentaremos nos próximos 10, 15, 20 anos nas esferas econômica, política e social em nosso mundo, que poderão mudar as regras do jogo que é praticado hoje. Essas mundanças nos levarão a um mundo muito diferente do que conhecemos hoje.

Entender estas surpresas no futuro é essencial para tomarmos decisões no presente. E não importa se você é executivo, político ou alguém que quer cuidar melhor de sua família.

4 comments:

Clau Komamura said...

Falando em cenários, o mercado financeiro está radiante com a queda em 0.5 ponto da SELIC e a sinalização do governo americano em acabar com os sucessivos aumentos da taxa de juros americana.

Marcello said...

Olá, Cláudia. Aliás, umas das tendências que li no livro "Cenários, surpresas inevitáveis" é que a economia mundial continuará a crescer, mas não no rítmo dos anos 90. E como será para o daqui 10 ou 15 anos?


Marcello

Clau Komamura said...

Não sei, Marcello...acho interessante fazer cenários, mas em termos de economia (especificamente Macroeconomia) acho arriscado fazer projeções de muito longo prazo.

Aliás, aproveitando o espaço, tivemos uma semana movimentada: Varig Log comprando a Varig, Sadia colocando uma proposta para adquirir a Perdigão, taxa de juros brasileira caindo, o Fed assinalando baixa dos juros...o que acha disso tudo??

Marcello said...

Os cenários são modelos vivos que vão se ajustando/configurando em função dos acontecimentos do presente.